Pontos Turísticos Perdidos no Tempo

12 ago

No post de hoje falaremos sobre alguns lugares do planeta que já foram classificados como pontos turísticos ou de interesse, porém que hoje não existem mais, devido às forças da natureza ou por causa do homem mesmo.

Paisagem das Sete Quedas

Sete Quedas

– Salto de Sete Quedas – Brasil

Localizado na cidade de Guaíra, no Paraná, era um conjunto de dezenove cachoeiras, que em sua totalidade formavam sete quedas. Deixou de existir para a construção da Usina Hidrelétrica de Itaipú, já que sua área teve de ser inundada para isso. Era a maior cachoeira do mundo em volume de água na época. Dia 27 de outubro de 1982 deixou de existir totalmente.

Nova York com as Torres Gêmeas

Torres Gêmeas - WTC

– Torres Gêmeas – Estados Unidos

Um dos grandes ícones de Nova York, as torres gêmeas eram parte importante da Skyline da cidade. Além disso, também podiam ser considerados os principais símbolos do capitalismo. Deixaram de existir no dia 11 de setembro de 2001, após sofrerem ataques terroristas.

Antes e depois dos Budas de Bamiyan

Budas de Bamiyan

– Budas de Bamiyan – Afeganistão

Localizados no Afeganistão, as grandes estátuas de Buda eram parte da herança que os budistas deixaram no local, que foi invadido pelos muçulmanos no séc. XIX. Em março de 2001, os budas foram destruídos por uma ordem do governo taliban, que também destruiu diversos outros monumentos do país.

Praça em L'Aquila

L'Aquila

– L’Aquila – Itália

Um dos lugares que mais possui esculturas em toda a Itália, a cidade de L’Aquila, na região de Abruzzo, já sofreu diversos terremotos em toda a sua história. O mais recente, ocorrido em abril de 2009, destruiu diversos monumentos da cidade, enquanto outros ficaram seriamente danificados.

Local onde ficava o Segundo Templo em Jerusalém

Segundo Templo (maquete de exemplo)

– Segundo Templo – Israel

O segundo templo foi erguido no mesmo lugar do Templo de Salomão, que foi destruído quando os muçulmanos invadiram a região (período chamado de Captividade Babilônica). Foi o Imperador romano Ciro II que ordenou sua reconstrução, quando este conquistou a Babilônia. Foi destruído no ano 70 a.C. pelos próprios romanos.

E você, se lembra de algum outro ponto turístico que hoje em dia não existe mais? Deixe seu comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: